Quem é você John Green? Resenha de A Culpa é das Estrelas

De tempos em tempos aparece um escritor incrível, aclamado pela crítica e pelo resto do mundo. Posso dizer com convicção: John Green é um desses escritores.

Autor de A Culpa é das Estrelas, Quem é você Alasca, Cidades de Papel e O Teorema Katherine, John Green é com certeza minha inspiração. O modo como ele escreve é incrível. Cada livro possui uma história completamente diferente. A Culpa é das Estrelas é um desses livros super bem escrito, onde ele cria um livro dentro de outro. Uma escrita leve, simples e elegante que te prende do início ao fim.

Imagem

Embora seja classificado como juvenil, o livro não tem restrição de idade. Tenho certeza que qualquer pessoa que leia vai amar. Acredito que o sonho de qualquer um que escreva seja escrever o mínimo do que Green escreve.

Li A culpa é das estrelas no ano passado e quando terminei soube na hora que seria meu xodó eterno. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é um livro extremamente dramático. A doença da protagonista é abordada de uma forma divertida, até porque ela mesma lida com isso de bom humor.

Então vamos lá. Hazel Grace é uma adolescente com um câncer terminal, que passa a maior parte do tempo em casa, lendo e assistindo America’s Next Top Model. O seu livro preferido é ‘’Uma aflição imperial’’, de Peter Van Houten que termina sem explicação e deixa o leitor tirar suas próprias conclusões sobre o final do livro. Embora tenha mandado várias cartas e e-mails para o autor, nunca obteve nenhuma resposta. Essa é sua maior frustração.

Hazel passa a maior parte do tempo carregando um cilindro de oxigênio pra lá e pra cá, não pode ir à escola, mas pela insistência e preocupação dos pais, participa de um grupo de apoio, coisa que ela acha mórbida demais. Mas sua ideia muda rapidamente ao conhecer Augustus Waters, um sobrevivente do câncer que chamou sua atenção ao fazer um discurso, dizendo que não quer passar por essa vida sem ter significado nada. Após conhecê-lo, ela passa a frequentar o grupo de apoio, a fim de descobrir mais sobre Augustus (Ou Gus, como preferir). Os dois tornam-se amigos, então Hazel resolve emprestar seu livro preferido a ele, que é tomado pelo mesmo sentimento de revolta e também quer descobrir o que acontece no final do livro.

O livro seria o fator principal da aproximação dos protagonistas, que embarcariam em uma grande aventura para descobrir o que realmente acontece na história. Obviamente, os dois se apaixonam e a história que antes era leve e bem humorada, torna-se dramática. A doença pega os dois desprevenidos e eles terão que lidar com ela, ao mesmo tempo em que lidam com as complicações que é estar apaixonado.

Impossível não ler o livro em no máximo três dias, bem como, impossível não chorar. John Green é um desses escritores que encantam com seu modo de escrever, A culpa é das estrelas é a prova disso. Justamente pelo fato do livro ser tão incrível, ele está sendo adaptado para as telonas. Na fanpage oficial do autor é possível ficar por dentro de tudo o que acontece nos bastidores da adaptação.

Se você ainda não leu nenhum livro dele, está esperando o que?

Imagem

Carolina Ignaczuk

Anúncios